O Retorno do Maia Intergalático – Lulu Santos

                   
0
613

“Maia intergalático”. Já ouviu essa expressão em algum lugar? Esse termo te leva a alguma reflexão histórica?

No ano 2000, o cantor Lulu Santos apresentou uma música chamada “O Retorno do Maia Intergalático”. Essa música, que foi lançada no Álbum “Lulu Santos Acústico”, da MTV, inseriu um novo formato de interpretação e estudo da História.

Há um trecho da música que apresenta um dado muito interessante sobre a História da América Pré-Colombiana. Qual seja:  “O retorno do maia intergalático// Detonando de vez// O império de Cortez// O retorno do maia intergalático// Deletando de vez// Os arquivos de Pizarro e Cortez”. Você imagina o peso histórico desse trecho?

Os maias foram povos que viveram em uma área que se estende desde a Guatemala até o México, entre os anos de 2500 a.C até o seu fim, no século XIII ou XIV de nossa Era. O período de existência dos Maias é muito contestado, tendo em vista que há ainda muito o que se estudar sobre essa civilização. Ainda hoje há povos nativos do México, Honduras, El Salvador e Guatemala, que seguem os costumes e a cultura maia.

 

Quem foram Hernán Cortés e Francisco Pizarro?

Hernán Cortés ou Cortez dependendo da tradução, foi um dos maiores nomes da conquista da América, no século XVI. Cortés foi um dos invasores e destruidores da grande Civilização Asteca, localizada na região central do atual México, na América Central. Além disso, destruiu muitos povoados que resistiram ao declínio da civilização maia.

Francisco Pizarro outro grande conquistador europeu, foi um dos responsáveis pela conquista e subjugação dos povos Incas. A Civilização Inca, localizava-se na região hoje conhecida pelo Peru, na América do Sul e sua queda se deu entre os século XV e XVI, com a invasão espanhola nas Américas.

É por isso que o Maia intergalático retornou para detonar e deletar todos os arquivos daqueles que em tempos anteriores destruíram e deletaram civilizações inteiras da América.

Excepcional música que representa exatamente a indignação e o sonho de justiça para todos os países que ainda hoje sofrem com a destruição instaurada pelos “conquistadores” da América dos séculos XV e XVI.

Agora é possível perceber o peso histórico que esse pequeno trecho nos apresenta. Ao ouvir uma música, tente perceber as marcas de historicidade que ela apresenta. Vocês irão reparar que em tudo há um pedaço de História.

 

 

Fica a dica!!!!!

Quer saber mais? Leia:

https://www.facebook.com/LuluSantosOficial

História do Mundo:

http://historiadomundo.uol.com.br/maia/

Infoescola:

http://www.infoescola.com/historia/civilizacao-maia/

Só História: http://www.sohistoria.com.br/ef2/maias/

Blog: http://fabiopestanaramos.blogspot.com.br/2011/02/hernan-cortes-historias-e-memoria.html

Academia Edu: http://www.academia.edu/2388582/HERN%C3%81N_CORT%C3%89S_E_FRANCISCO_PIZARRO_HIST%C3%93RIA_E_MEM%C3%93RIAS

Educação UOL: https://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/astecas-e-espanhois-1-hernan-cortez-e-o-imperio-asteca.htm

BETHELL, Leslie (org.). História da América Latina. São Paulo, SP: Ed. Edusp, 2002.

CARDOSO, Ciro Flamarion S. A América Pré-colombiana. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1988.

CHAUNU, Pierre. História da América Latina. Rio de Janeiro, RJ: Ed. Bertrand Brasil: 1987.

FERREIRA, Jorge Luiz. Incas e Astecas. São Paulo, SP: Ed. Ática, 1996.

GENDROP, Paul. Os Maias. Rio de Janeiro, RJ: Ed. Zahar, 1987.

PORTILLA, Miguel León.  A conquista da América Latina vista pelos índios (Relatos Aztecas, Maias e Incas). Rio de Janeiro, RJ:Ed. Vozes: 1984.

WASSERMAN, Cláudia. História da América Latina. Porto Alegre, RS: Ed. UFRGS, 1996.

Deixe aqui um breve comentário.