Série: Para que serve a História? Parte 4 – Política

                   
0
353

Por Denilson Alexandre Coêlho

A política sempre está no centro das atenções da sociedade. Tudo gira em torno da política. A economia depende da política. A educação depende da política. A segurança depende da política. A política é o carro chefe da sociedade.

Por quê?

Resultado de imagem para politica brasil

Vamos conhecer a História por traz de tudo?

Desde que o ser humano passou a se organizar em grupos, sempre houve um líder para guiar os demais. Com o aumento da complexidade da sociedade, as regras foram alteradas de acordo com a necessidade da coletividade ou de acordo com a vontade do soberano. As formas de governo foram as mais variadas possíveis ao longo de toda a História da humanidade. Cada povo se organizava à sua maneira.

Mas, o que isso tem a ver com a política?

Tudo a ver.

Não há que se falar em política partidária. A política é muito mais ampla que simples partidos que movimentam os governos e administrações.

O modo de organização e a forma de governar um povo é a própria política em ação.

A palavra política tem origem no grego que significa tudo relacionado à pólis (cidade-estado) ou à coletividade. Portanto, tudo o que diz respeito à organização da coletividade faz parte da política.

Os antigos povos da Mesopotâmia governavam com base em um governante central que dominava todos os assuntos referentes à população.

Atenas, cidade-estado da Grécia Antiga, criou um formato revolucionário, a chamada democracia. Todos os cidadãos tinham voz e vez nas discussões políticas e na administração da cidade. No entanto, a democracia era escravista e excluía grande parte da população, tendo em vista que cidadãos eram somente os homens, adultos e nascidos em Atenas de pais atenienses.

Roma se apropriou da democracia ateniense e a transformou, primeiro em uma monarquia, depois república e por fim em um dos maiores impérios da humanidade.

A Idade Média conheceu uma forma de política muito particular. O império romano se desfez e transformou a Europa em uma colcha de retalhos. Cada localidade, cada feudo, cada cidade possuía um formato próprio de administração. Somente a Igreja Católica unia e influenciava todo o território europeu.

Com o renascimento e o iluminismo, ocorreu a formação dos Estados Nacionais que evoluíram para os mais diversos países na atualidade.

Dos feudos da Idade Média, com um soberano centralizando o poder local, para a formação dos países com governos baseados em um executivo administrando, um legislativo ditando regras e um judiciário impondo e fazendo cumprir as leis, a sociedade se tornou tão complexa que a política precisou ser adaptada para os novos rumos da humanidade.

Cada país possui um formato diferente de fazer política, seja eficiente, seja ineficiente.

Mas, com base nos conhecimentos históricos, o que pode ser feito para que a política seja utilizada para o bem de toda a população?

Simples!!!

A política deve ser utilizada para que todos tenham uma saúde de qualidade, educação qualificada, segurança e emprego para todos, cultura e lazer à disposição, justiça justa, dentre outros.

Isso todos já sabem. Mas como fazer isso?

A política é o reflexo da sociedade. A sociedade precisa mudar para que a política mude. Mas a sociedade é o reflexo do cidadão. O cidadão precisa mudar para que a sociedade mude.

Não existe milagre, existe mudança de comportamento de cada indivíduo.

Fica a dica!!!

Deixe aqui um breve comentário.