Batman

                   
1
1008

Resultado de imagem para batman 1939Por Denilson Alexandre Coêlho

Em 1939 os americanos Bill Finger e Bob Kane criaram um personagem de histórias em quadrinhos um tanto quanto intrigante. Batman não é um super-herói aos moldes de Superman, Mulher Maravilha ou Capitão América. Enquanto o icônico Superman resplandece de luz, de moral e de ética, Batman é sombrio, vingativo, violento, justiceiro, o próprio cavaleiro das trevas. Batman: aquele que age na escuridão, que provoca o medo em seus inimigos, que se inspira no voo e nas atitudes dos morcegos (por isso também chamado de o Homem Morcego). Esse é mais um herói da mitologia americana.

Batman foi criado em um momento muito conturbado da História dos Estados Unidos. A violência e a criminalidade chegavam a números alarmantes. A crise econômica provocada pela 1ª Grande Guerra Mundial, a crise financeira de 1929 e a 2ª Guerra Mundial às portas tornaram o clima mundial cada vez mais tenebroso. Com isso, nada melhor que um super-herói com a cara deste tempo. Foi neste período de instabilidade que surge o Homem Morcego.

Este personagem é o reflexo de uma sociedade que perdeu o brilho e a confiança na própria sociedade. É uma crise de identidade e de confiança coletiva.  Apesar de neste mesmo período o Superman também fazer grande sucesso, o Batman é o seu contraponto e o seu oposto quanto a atitudes e decisões. Os dois super-heróis retratam a própria contrariedade e confusão em uma sociedade que não mais se reconhece por conta de tantos conflitos internos e externos. Foi para isso que o Batman surgiu. Para trazer uma alternativa necessária para o ideal americano. Superman: a luz. Batman: as trevas. Entretanto, ambos se complementam e englobam os sentimentos de todo um país ávido por respostas e heróis.

Com o fim da 2ª Guerra Mundial, os personagens tiveram que se reinventar. Com a estabilidade e a prosperidade reinando nos Estados Unidos, as décadas de 1950 a 1970 transformaram o Cavaleiro das Trevas em um personagem quase que humorístico e completamente descaracterizado daquele homem violento e vingativo. O Batman perdera sua essência. No entanto, a chegada dos anos 1980 trouxe consigo uma nova crise da sociedade americana. Tempos de muita violência, e a criminalidade e o desemprego novamente a índices insuportáveis. Eis que surge, outra vez, aquele super-herói das trevas. O justiceiro da noite voltou com força total, e em 1989 chegou aos cinemas do mundo todo o primeiro filme que verdadeiramente retrata o Batman aos moldes que Bill Finger e Bob Kane haviam idealizado em suas origens. E desde então vários outros filmes surgiram.

Em 1992 estreou “Batman, o Retorno”, em 1995 “Batman Eternamente” e em 1997 “Batman e Robin”. Grandes filmes que reconfiguraram a imagem tenebrosa e interessante deste personagem.Imagem relacionada

O século XXI continuou apresentando filmes que retratam a luta contra o crime e a violência. Entretanto o terrorismo foi o novo vilão. Com o ataque às Torres Gêmeas e as ondas de terrorismos por todo o mundo, o Batman do século XXI é um dos heróis que irá libertar os EUA das garras dos terroristas. “Batman Begins” (2005), “Batman, O Cavaleiro das Trevas” (2008) e “Batman, O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012) exploram com maestria a luta contra o terrorismo.

Em 2016 estrearam os filmes “Batman x Superman: A origem da Justiça” e o “Esquadrão Suicida”, ambos com um novo inimigo. Enquanto o primeiro retrata uma luta contra seres de outro planeta, o segundo apresenta inimigos tradicionais do grande herói.

Com o esperado filme “Liga da Justiça” (2017), Batman divide os holofotes com outros super-heróis contra um opositor interplanetário em comum.

É de se observar que o Batman sempre luta contra os adversários da própria sociedade americana. Cada período da História da América possui seu oponente. Mas, de maneira geral, são rivais internos e conhecidos.

Batman também possui uma característica própria da sociedade norte-americana. Ele não possui super-poderes.

Quais são os poderes deste super-herói?

Assim como o Superman traz um ideal de comportamento e de atitude que se torna o ideal estadunidense, o Batman traz outros ideais. O maior poder do Batman é ser rico. Isso mesmo, com sua riqueza ele pode comprar e desenvolver todos os equipamentos necessários para combater o crime. Mais um ideal americano: a terra das oportunidades em que o dinheiro pode tornar seus sonhos em realidade. Entretanto Batman precisou de muita dedicação, inteligência, força de vontade, perseverança e… MOTIVAÇÃO.

Qual foi o motivo que levou Bruce Wayne a se tornar o Batman?

Quando criança, seus pais milionários foram assassinados a sangue frio e sem qualquer motivo na frente de Bruce. Aquele episódio de violência explícita transformou completamente aquela criança, e o sentimento de vingança o transformou em Batman, o Cavaleiro das Trevas, o Homem Morcego e tantos outros adjetivos que o tornam tão cativante. Essa é uma história como tantas outras ocorridas naquele período da História Americana da década de 30 do século XX. Famílias inteiras perderam seus parentes por conta da violência.

Batman é apenas o reflexo e a imagem de um povo que busca no dinheiro a chance de tornar realidade aquilo que mais sonham. Além disso, também é o reflexo de um povo que busca a vingança e a justiça contra seus inimigos, sejam quais forem.

É por isso que esse personagem é tão interessante e sobrevive a 79 anos com todo o vigor. Batman, um herói com traços de vilão. A perfeita sintonia entre vingança e justiça, típico da sociedade em que nasceu.

Fica a dica!!!!

Quer saber mais? Leia:

CAMPBELL, Joseph. (org.). Mitos, sonhos e religião. Rio de Janeiro : Ediouro, 2001.

_________________. O poder do mito. São Paulo: Palas Atena. 1990.

ELIADE, Mircea. Tratado de história nas religiões. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes. 1998.

FRIEDEN, Jeffry A. Capitalismo Global: história econômica e política do século XX. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

HOBSBAWM, Eric. Era dos Extremos: O breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

REIS FILHO, Daniel Aarão (org). O Século XX: o tempo das crises. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

SOUSA, Eudoro de. Mistério e Surgimento do Mundo, Mitologia 1. Brasília: EdUnB. 1988.

SOUSA, Eudoro de. História e mito – mitologia 2. Brasília: EdUnB. 1988.

WALLERSTEIN, Immanuel. Capitalismo Histórico e Civilização Capitalista. Rio de Janeiro: Contraponto, 2001.

Documentário: Super-heróis decifrados: HistoryChannel, 2017.

Site: Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Batman

 

1 COMENTÁRIO

Deixe aqui um breve comentário.