Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás – Parte 2/2

                   
0
1203

Por Denilson Alexandre Coêlho

Resultado de imagem para raul seixas desenhoContinuando o percurso da História, os autores nos presentearam com uma viagem de uma ponta a outra do planeta e da Idade Contemporânea ao mundo antigo. Acompanhe e divirta-se com a última parte desta incrível canção brasileira.

Eu vi o sangue

Que corria da montanha

Quando Hitler

Chamou toda Alemanha

Vi o soldado

Que sonhava com a amada

Numa cama de campanha

Eu li!

Ei li os símbolos

Sagrados de umbanda

Eu fui criança pra

Poder dançar ciranda

Quando todos

Praguejavam contra o frio

Eu fiz a cama na varanda

Hitler foi o maior e mais sanguinário ditador da era moderna. Suas ordens provocaram a morte de mais de 50 milhões de pessoas. A Segunda Guerra Mundial ocorreu entre 1939 e 1945 e envolveu países da Europa, Ásia, África e América. Por isso foi chamada de Guerra Mundial. De um lado estava a Alemanha de Hitler, Itália de Mussolini e o Japão de Hirohito. Do outro lado se juntaram Inglaterra, França, EUA e URSS. Os principais motivos da Guerra foram a política expansionista, a pretensa superioridade da raça ariana, dentre outros.

Quanto a Umbanda, é uma religião de matriz africana que surgiu no Rio de Janeiro criada pelos escravizados vindos da África, em que seus símbolos e cultos são um sincretismo entre as religiões de seus ancestrais e o catolicismo imposto pelos colonizadores portugueses a todos os escravizados que atracavam em terras brasileiras. O restante da estrofe trata do culto da Umbanda.

Eu tava junto

Com os macacos na caverna

Eu bebi vinho

Com as mulheres na taberna

E quando a pedra

Despencou da ribanceira

Eu também quebrei a perna

Eu também

Eu fui testemunha

Do amor de Rapunzel

Eu vi a estrela de Davi

Brilhar no céu

E para aquele que provar

Que eu tô mentindo

Eu tiro o meu chapéu

Ele até poderia estar junto com os macacos na caverna. Mas certamente não somos uma evolução do macaco. Esse é um erro comum que muitos ainda acreditam. O HOMEM NÃO VEIO DO MACACO. O australopithecus é o nosso parente mais distante. Ou seja, a cerca de 7 milhões de anos atrás. Exatamente!!! A 7 milhões de anos atrás ocorreu uma divisão em que os ancestrais do macaco evoluíram para o que hoje conhecemos como MACACO e os ancestrais do homo sapiens se transformaram no que somos hoje. Em resumo, o macaco é a evolução de uma espécie e o ser humano é a evolução de outra espécie que a muito tempo atrás tivemos um ancestral comum, o australopithecus.

Imagem relacionada

A Taberna é o local onde se bebia vinhos, cervejas ou qualquer outra bebida alcoólica, dependendo da região ou do espaço temporal. Originalmente eram as mulheres que serviam os frequentadores das tabernas. Por isso o personagem da música bebeu vinho com as mulheres na taberna. Neste ponto os autores foram muito perspicazes.

Rapunzel é uma referência a estória da Disney do século XX. Entretanto, a Disney adaptou a um antigo conto dos Irmãos Grimm, famosos escritores ingleses de contos infantis que viveram no século XIX. Mas um detalhe importante é que os irmãos Grimm também adaptaram o conto de Rapunzel de uma estória escrita por uma escritora francesa do século XVII. Ou seja, a originalidade do conto de Rapunzel está equiparada à originalidade dos autores desta mesma música. Raul e Paulo Coelho se inspiraram em uma música de Elvis Presley “I Was Born About Ten Thousand Years Ago” de 1970. Mas que na verdade, não foi Elvis que compôs, ele adaptou uma música de Kelly Harrel composta em 1925. Curiosa coincidência entre as três versões de Rapunzel e as três versões desta música.

Por fim, a grande estrela de Davi. O maior rei que Israel já possuiu. Aquele que foi escolhido por Deus para substituir o insensato Rei Saul. Davi era o mais novo de 8 filhos de Jessé. Samuel, um dos maiores profetas do Antigo Testamento, por ordem de Deus, foi à casa de Jessé para escolher o novo Rei de Israel. Chegando lá encontrou grandes e fortes filhos, mas nenhum era o escolhido. Então perguntou ao pai: Há mais algum filho? Jessé respondeu: Sim. Mas ele está apascentando as ovelhas. Era Davi, um jovem pastor que se tornou o maior Rei de Israel, por volta do século IX a. C. Quanto a estrela de Davi, ela jamais brilhou no céu. Não é uma estrela propriamente dita, são dois triângulos, um votado para cima e outro voltado para baixo, formando um hexagrama. Este hexagrama é utilizado não só pelos judeus, mas também por hinduístas, islâmicos, cristãos e até mesmo pelos adeptos do Santo Daime. Segundo a tradição, os soldados de Davi utilizavam a estrela em seus escudos para pedir proteção divina.

Grande parte da História da Humanidade foi contada de maneira muito inteligente e descontraída. Foram percorridos quase 10.000 anos de História. Esta música é uma excelente maneira de estudar o ser humano e seus atos no tempo e no espaço.

Agora é possível perceber o peso histórico que essa obra prima nos apresenta. Ao ouvir uma música, tente perceber as marcas de historicidade que ela apresenta. Vocês irão reparar que em tudo há um pedaço de História.

Fica a dica!!!!!

Quer saber mais? Leia:

AYMARD, André e AUBOYER, J. O Oriente e a Grécia Antiga. V. 1. São Paulo: Difel, 1970.

CARR, Edward Hallet. Que é História? 4ª Ed. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 1985.

CERTEAU, Michel de. A Escrita da História. 3ª Ed. Rio de Janeiro, RJ: Forense, 2013.

CULICAN, Willian. Medos e Persas. Lisboa. Ed. Verbo, 1968.

DONNER, Herbert. História de Israel e dos povos vizinhos: dos primórdios até a formação do Estado.  Petrópolis: Ed. Vozes, 1997.

FUNARI, Pedro Paulo A. e CARVALHO, Aline Vieira de. O patrimônio em uma perspectiva crítica: o caso do Quilombo dos Palmares. Diálogos. Maringá, v. 9, n. 1, p. 33-47, 2005. Disponível em:

<http://www.dialogos.uem.br/index.php?journal=ojs&page=article&op=viewArticle&path[]=175>.

KRAMER, Samuel Noah. A História Começa na Suméria. Lisboa. Europa – América. 1997.

LÉVÊQUE, Pierre. As Primeiras civilizações: os Impéiros do Bronze. V. I e II. Lisboa: Ed. 70, 1990.

______________. Os Indo-Europeus e os Semitas. V. III. Lisboa: Ed. 70, 1990.

MELLA, Federico A. Arborio. Dos Sumérios a Babel – Mesopotâmia: História, Civilização e Cultura. São Paulo: Hemus. 2009.

PIATROVSKY, Boris et al. Civilizações antigas do Oriente e Ocidente. Lisboa: Avante, 1989.

SOUZA, Marina de Mello e. África e Brasil Africano. São Paulo: Ática, 2006.

TAVARES, Luís Henrique Dias. Comércio Proibido de Escravos. São Paulo: Ática, 1988.

Sites:

aBíblia.org

http://www.abiblia.org/ver.php?id=7094

Blog, The Point Carioca:

https://thepointcarioca.wordpress.com/2012/03/11/historia-da-musica-eu-nasci-ha-dez-mil-anos-atras/

Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada

http://gerenciamentodotempo.com.br/a-contagem-dos-anos-na-era-crista/

Folha de São Paulo:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u38304.shtml

Mundo estranho:

https://mundoestranho.abril.com.br/cultura/qual-e-a-origem-da-estrela-de-davi-e-o-que-ela-representa/

Super Interessante

https://super.abril.com.br/historia/a-verdadeira-historia-do-verdadeiro-dracula/

Vagalume:

https://www.vagalume.com.br/raul-seixas/eu-nasci-ha-dez-mil-anos-atras.html

Deixe aqui um breve comentário.