Por que o Brasil não se dividiu?

                   
0
1176

Por Denilson Alexandre Coêlho

É comum o questionamento do porquê o Brasil, ou a América Portuguesa, não se dividiu em diversos países como ocorreu com a América Espanhola. Há várias razões e muitas teorias para responder a essa questão.

Entretanto, alguns pontos devem ser destacados com maior atenção.

Abaixo serão apresentados alguns dos motivos que levaram o Brasil a se tornar esse país de dimensões continentais.

  • Formação colonial anterior: o projeto colonizador português ensejou uma grande dependência entre a colônia portuguesa na América e a metrópole. Portugal se tornou cada vez mais dependente do Brasil e o Brasil Colônia era extremamente dependente de Portugal, seja sob o aspecto econômico, social, seja sob o aspecto religioso e político;
  • A chegada da Família Real: Em 1808, a Família Real Portuguesa desembarcou no Brasil fugidos da invasão francesa a Portugal, sob o comando do poderoso Imperador francês Napoleão Bonaparte. Com essa inusitada chegada, o Brasil foi a única colônia na História da humanidade em que a Família Real Metropolitana se mudou para a colônia. Foi algo inacreditável!!! O Brasil recebeu o estatos de Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Essa mudança de designação significou um passo importantíssimo para a futura independência do Brasil. Além disso, recebeu grandes recursos para a manutenção da Família Real e toda a sua corte. Além da excepcional riqueza cultural herdada da Metrópole. Diante de todos esses fatores, o sentimento de nacionalidade se estendeu por todo o território colonial.
  • A cidadania universal: Com a independência do Brasil em 1822, a Constituição de 1824 instituiu que todas as pessoas livres e libertas nascidas no Brasil seriam cidadãos. Essa foi uma decisão revolucionária e necessária para um país recém independente. Mas também foi determinante para a manutenção deste Brasil de dimensões continentais.
  • A questão social: é outro ponto muito importante, pois a sociedade brasileira, e, principalmente a elite brasileira, se espelhavam em um modelo europeu de sociedade. E o poder central brasileiro possuía esse modelo e estava intimamente ligado à Europa.

 Esses foram os principais motivos para que o Brasil mantivesse tamanha extensão territorial. Atualmente, o Brasil possui impressionantes 8.516.000 km². Só para se ter uma noção, a América do Sul como um todo possui 17.840.000 km². Ou seja, o Brasil é um país efetivamente de dimensões continentais.

Fica a dica!!!!

Quer saber mais? Leia:

COÊLHO, Denilson Alexandre. A História do Brasil em 20 minutos. EBook. Dicas de História, 2017.

CALÓGERAS, João Pandiá. Formação histórica do Brasil. 7ª edição. São Paulo, SP: Companhia Editora Nacional, 1972.

CARVALHO, José Murilo de. A formação das almas. O imaginário da República no Brasil. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2000.

________________________. Cidadania no Brasil: O longo caminho. 14 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

COSTA, Emília Viotti da. Da monarquia à república: momentos decisivos. São Paulo, SP: Livraria Editora Ciências Humanas Ltda, 1979.

DELGADO, Lucília de Almeida N. O Brasil Republicano. Rio de Janeiro, RJ: Editora Civilização Brasileira, 2008.

Deixe aqui um breve comentário.