Valente

                   
0
1101

Por Denilson Alexandre Coêlho e David Alexandre Coêlho

O filme “Valente” teve sua estreia em 2012, dirigido por Mark Andrews e foi produzido por Disney/ Buena Vista. Em 2013 ganhou o Globo de Ouro e o Oscar de melhor filme de animação e foi a primeira aventura de época da Pixar.

Em determinado momento do filme a mãe de Valente conta uma antiga História de um Reino, cujo nome foi esquecido. Este reino era governado por um rei sábio e justo que era muito amado. Quando ele ficou velho, dividiu o reino entre os quatros filhos que deveriam ser os pilares da paz, mas o príncipe mais velho queria governar a terra sozinho, ele seguiu seu próprio caminho e o reino se desfez em guerra, caos e ruínas.

O que isso tem a ver com a História?

A história desse reino perdido é questionada por diferentes personagens do filme como se fosse apenas uma lenda, entretanto, a resposta era sempre a mesma:

“…………lendas são lições cheias de verdades.”

O filme se passa nas Highlands, ou Terras Altas, na Escócia, onde eram habitadas pelos gaélicos e pelo Pictos, povos guerreiros que travaram batalhas com Romanos, Vikings e Ingleses.

Em algumas cenas do filme aparecem umas pedras estranhas. São as Pedras de Callanish, situadas na região oeste da Escócia. O mais interessante é que elas estão posicionadas da mesma maneira desde o ano 2900 a. C. Segundo lendas escocesas, gigantes que habitavam a ilha recusaram conversão ao catolicismo e foram transformados em pedras. Essas lendas surgiram muito depois da existência deste espetacular monumento, pois o cristianismo chegou em terras escocesas somente no final do Império Romano e início da Idade Média.

O castelo de Urquhart fica à beira do famoso Lago Ness. Este castelo também aparece no filme com grande frequência.

O filme se passa na Idade Média, período da História da humanidade que compreende a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d. C. até o ano de 1453, que corresponde a derradeira vitória do poderoso Império Turco Otomano sobre Constantinopla, capital do grande Império Bizantino ou Império Romano do Oriente.

São apenas datas simbólicas que expressam quase 1000 anos de transformação, reconstrução, crescimento e fortalecimento do continente Europeu. Quando se fala em período medieval, está se tratando de uma História Europeia, pois os demais continentes viviam outros momentos e outras realidades históricas. As Américas, por exemplo, ainda estavam em sua “pré-história”.

Além disso, a Idade Média que estudamos é uma Historiografia contada pelos pensadores e historiadores franceses.

Como assim?

Os historiadores franceses do século XIX e XX dominaram a historiografia mundial. Eles ditaram o ritmo e a forma como se escreve a História durante décadas. Por isso, a imensa maioria dos estudos sobre a Idade Média partiram de pensadores franceses ou inspirados por eles. Veja os artigos História PositivistaEscola Metódica, Escola dos Annales e História Nova.

Atualmente, a História está mais democrática e aberta a todas as partes do planeta. Essa afirmação se explica pelo fato de o filme “Valente”  ser um filme que conta uma estória que se passa na Escócia, na Idade Média, mas escrita e produzida sob uma visão norte-americana.

Por isso é tão importante assistir filmes. E mais importante é assistir aos filmes sabendo a verdadeira História por traz deles.

Fica a dica!!!!

Quer saber mais? Leia:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Brave_(filme)

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-135528/

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-135528/criticas-adorocinema/

http://turismo.ig.com.br/destinos-internacionais/2012-07-20/confira-os-cenarios-reais-que-inspiraram-o-filme-valente-da-disney.html

http://jornalareliquia.blogspot.com.br/2012/03/highlands-as-terras-altas-da-escocia.html

http://vidanaescocia.com.br/index.php/2017/02/15/highlands-as-terras-altas-da-escocia/

Deixe aqui um breve comentário.