Escola Metódica

                   
4
1749

Por Denilson Alexandre Coêlho

‎Com frequência, a Escola Metódica é confundida com a história positivista. Entretanto, há diferenças cruciais em relação ao positivismo alemão.
Surgido na França, a fundação desta Escola é datada do ano de 1876, com a publicação do primeiro número da “A Revista Histórica”.
Seus fundadores são: Gabriel Monod, Gustave C. Fagnez, Charles Seignobos, Charles-Victor Langlois e Ernest Lavisse.

Seus Principais objetivos são:
1) Fazer uma história voltada para o orgulho nacional francês (perdido após a derrota para a Alemanha na Guerra Franco-Prussiana de 1870);
2) Realizar uma investigação objetiva respeitando métodos estritamente definidos e afastando todo tipo de pensamento filosófico, literário ou teológico; e
3) Propunham uma História narrativa de grandes fatos e indivíduos; por exemplo, grandes batalhas ou personagens ilustres da História, como os reis da França.

Foram publicados livros e manuais que circularam pelas escolas e universidades de toda a França até por volta da década de 60 do século XX.
A Revista Histórica” influenciou a historiografia francesa e mundial por décadas. Apesar de ter uma linha de pensamento não ligada a nenhuma religião, partido ou doutrina de qualquer espécie, sua equipe formada era prioritariamente de protestantes, judeus, mações e poucos católicos, com isso, na prática, se voltaram para a defesa da República e seus líderes e no combate à Igreja Católica.

Alguns princípios da Escola Metódica são utilizados até hoje. As universidades e a comunidade acadêmica continuam utilizando-se de muitos de seus fundamentos. Portanto, esta linha de pensamento contribuiu e contribui ainda hoje para uma escrita historiográfica metodológica e eficiente. Contudo, deve-se sempre ter a clara noção de que seus princípios precisam ser contextualizados e adaptados aos novos ventos da historiografia.

Quer saber mais?

Fica a dica!!!

COÊLHO, Denilson Alexandre. O que você precisa saber sobre as Escolas Históricas. eBook. Dicas de História, 2017.

FUNARI, Pedro Paulo A. e SILVA Glaydson José da. Teoria da História. 1ª Ed. São Paulo, SP: Editora Brasiliense, 2008.

BOURDÉ, Guy e MARTIN, Hervé. As Escolas Históricas: da Idade Média aos nossos dias. Portugal: Publicações Europa-América, 2012.

4 COMENTÁRIOS

    • Na verdade a Escola Metódica é diferente da História Positivista. A Escola Metódica foi criada na França e recebeu influência da História Positivista. Já a História Positivista surgiu na Alemanha e sistematizou o conhecimento historiográfico.

  1. como faço uma narrativa sobre uma tema da Abolição da Escravatura segundo a Escola Métodica?

    • Olá Silvane,

      Boa pergunta.

      Para se fazer uma boa narrativa sobre a abolição da escravatura aos olhos da Escola Metódica você deve seguir os seguintes passos:
      1) Escreva com a máxima objetividade possível;
      2) utilize documentos prioritariamente oficiais; tais como: leis, documentos cartográficos ou até mesmo jornais da época; e
      3) escreva narrando os fatos e evitando comentários.

      Não digo que é a melhor forma de escrever a História, mas é um método interessante a ser utilizado. Boa sorte e sucesso.

      Fica a dica!!!

Deixe aqui um breve comentário.